sábado, 1 de janeiro de 2011

O APRESENTADOR JOSÉ LUIZ DATENA, DA REDE BANDEIRANTES, É CONDENADO POR HOMOFOBIA!

Datena
Queridos leitores, venho dizendo há anos que o debate sobre a questão da homofobia está apenas começando no Brasil e que lamento muito que as igrejas tenham feito vistas grossas e não deram a devida atenção que o tema sempre mereceu. O Dr. Belcorígenes discorre muito bem sobre o assunto e sua defesa se dá pelo prisma da liberdade de expressão, afirmando a existência de uma ditadura gayzista, coisas que já tratamos aqui anteriormente. 

O senhor Luiz Mott, maior líder gay no Brasil, disse certa vez:  "As igrejas cristãs, em geral, têm as mãos sujas de sangue, pela intolerância que divulgam nos púlpitos e nas televisões. Elas fornecem munição ideológica para aqueles que têm ódio de homossexuais, fazendo com que esse ódio aumente. Vai chegar uma época em que o papa e essas igrejas vão pedir desculpas de joelhos aos homossexuais, como a igreja já pediu desculpas aos judeus, negros e índios".

Corroborando com o pensamento de Ronald Dworking, transcrito abaixo, só uma pergunta: Por que os gays não sentem-se ofendidos pelas figuras bizarras apresentadas no programa Zorra Total da Rede Globo de Televisão? Por que não acionam na justiça a poderosa rede de tv?

Abaixo o texto (editado) do Dr. Belcorígenes:

"O apresentador José Luiz Datena foi condenado a uma advertência pela Secretaria da Justiça de São Paulo, no processo administrativo que a Defensoria Pública move contra ele por “discriminação homofóbica".  O processo partiu de uma reportagem no programa “Brasil Urgente” durante a qual Datena usou expressões como “travecão butinudo do caramba” ao falar de um travesti.  A informação é da coluna Mônica Bergamo, publicada na Folha de São Paulo na última segunda-feira (27/12).  "Não houve discriminação.  Falei sobre a agressão depois da briga, onde o travesti empurrou o cinegrafista e não sobre a opção sexual da pessoa”, disse Datena.  A Defensoria vai recorrer pedindo que Datena seja multado em R$ 246 mil" [1].

Lembro-me de outro apresentador de televisão que foi “demitido por telefone” sob alegação similar e depois saiu da TV brasileira, mudando-se para Portugal.  Há algum tempo em entrevista televisiva ele afirmou que dentre as “ajudantes de palco” no seu programa no Brasil existiam dois transexuais, coisa que ninguém sabia.  Olha o paradoxo:  o rapaz empregava legalmente dois homossexuais e era acusado de homofóbico.  Vai entender…
Contudo, é possível sim entender:  trata-se de um tipo orquestrado de histeria coletiva das chamadas “minorias pseudo-perseguidas”.  Se isso vai ser a regra a partir de agora neste Brasil, que tal incluir dentre as tais minorias os judeus ortodoxos, os cristãos conservadores, os índios pataxos, os negros albinos, e os orientais nas paródias no cinema e na televisão.
Ronald Dworkin disse:  “O Estado poderia então proibir a expressão vívida, visceral ou emotiva de qualquer opinião ou convicção que tivesse uma possibilidade razoável de ofender um grupo menos privilegiado.  Poderia por na ilegalidade a apresentação da peça o mercador de Veneza, os filmes sobre mulheres que trabalham fora e não cuidam direito dos filhos e as caricaturas ou paródias de homossexuais nos shows de comediantes.  Os tribunais teriam de pesar o valor dessas formas de expressão, enquanto contribuições culturais ou políticas, contra os danos que poderiam causar ao status ou à sensibilidade dos grupos atingidos” [2].
O Grupo Gay do Estado da Bahia pode afirmar que Jesus Cristo era gay, porém quando os cristãos afirmam exatamente o inverso é discriminatório?  Que justiça de dois pesos e duas medidas é esta?  O que há é uma justiça oficial e vendida aos holofotes da mídia chique, que distribui Medalhas Oficiais para quem defende um circo de horrores em avenida pública, uma verdadeira defenestração da imagem humana, chamada “passeata gay”.  Medalhas para quem defende a família e a monogamia não existem.  Só cadeia e multa.  Não é a toa que a nossa balança de exportação de aberrações sexuais seja superavitária, além de sermos um destino preferido para o turismo sexual, pedofílico principalmente.  Aliás, desde a colonização, nada mudou neste sul do Equador.
A questão é a seguinte:  cada um tem o direito de defender a ideologia que quiser, seja ela pró ou contra qualquer coisa (desde que lícita).  Mas o Estado não pode violentar a liberdade de pensamento e de expressão dos seus cidadãos, pois isso equivale a estabelecer um ilegítimo tribunal cultural.  Conheço um líder cristão que está fora do Brasil, pois foi ameaçado por grupos homossexuais brasileiros que querem promover uma batalha de processos e violências contra ele.  É o imperialismo gayzista que almeja CALAR toda voz discordante, enquanto tenta PURIFICAR com a Vara do Estado o mundo dos insuportáveis heterossexuais convictos.  Aliás, quem ainda tem a coragem de possuir e defender convicções neste mundo de ambigüidades convenientes?
Sou contra qualquer incitação de violência ideológica ou física, porém cercear a livre manifestação do pensamento é um retorno à idade das trevas.  Deus nos livre destes radicais da mordaça.  Viva a liberdade.
Fonte:  Dr. Belcorígenes de Souza Sampaio Júnior é advogado, professor de Direito Constitucional e Hermenêutica Jurídica, Mestre em Direito pela UFPE, Mestre em Direitos Fundamentais (D.E.A.) pela UBU/Espanha, doutorando (em fase de depósito de Tese) em Liberdades Públicas pela UBU/ Espanha.
[1]http://noticias.bol.uol.com.br/entretenimento/2010/12/27/datena-e-condenado-em-processo-por-discriminacao-homofobica.jhtm
[2] DWORKIN, Ronald. O direito da Liberdade: a leitura moral da Constituição norte-americana. Trad. M. Brandão Cipolla. São Paulo: Martins Fontes, 2006.
Extraído do Blog A PEDRA, do meu Amigo Pr. Anselmo Melo 
Maranata. Ora Vem Senhor Jesus!
Deus abençoe a todos.  


13 comentários:

Anselmo Melo disse...

A coisa esta feia mesmo Pr Gudes. Onde isso vai parar? vai parar?
Paz!

Pastor Guedes disse...

Querido Pr. Anselmo,

A Paz!

O amado viu os créditos ao seu blog? Não pedi permissão porque sei que o irmão me autorizaria se eu fizesse de modo correto (com os créditos).

A coisa não vai parar. Está apenas começando e a meu ver a igreja sai atrás...perdendo. Perdendo no debate e em importância como interlocutor com o governo e com a mídia!

Forte Abraço.

PS. FELIZ ANO NOVO!!!

Anselmo Melo disse...

Querido Pr Guedes.
Fique a vontade quanto as matérias,pode usar e abusar.
Agradeço a consideração com relação aos créditos mas sinceramente não esquento com essas coisas.
Fique tranqüilo.
Paz!
Um ano novo de muitas vitórias para todos nós.

Anônimo disse...

Caro Pr. Guedes!, saudações no senhor Jesus e feliz ano novo. Gostaria de tirar uma dúvida com o amado.
Congrego no setor 11, e recentemente um obreiro de nossa congregação ensinou no culto de doutrina que a mulher cristã não pode usar nenhum adorno, porque em Êx 32 os adornos dos israelitas serviram para se fazer o bezerro de ouro, e que Pedro proibiu as mulheres cristãs de usarem qualquer adorno I Pe 3.
Segundo esse obreiro esse ensino é uma orientação do Pr. José Wellington, isso é verdade?.
Eu confesso que não concordo, pois os textos citados acima foram distorcidos e retirados do seus contextos, ou seja, foram distorcidos. O que o senhor pensa sobre isso?.
Abraços no amor de Cristo. Pb. João Eduardo Silva

Pastor Guedes disse...

Pr. Anselmo,

Agradeço por suas palavras e pela liberdade que me dá na questão da reverberação de seus posts.

Sinta-se a vontade de igual modo para publicar qualquer texto meu.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Pastor Guedes disse...

Prezado Presbítero João Eduardo,

A Paz do Senhor!

A Bíblia foi escrita em sua maioria um contexto oriental e a teologia petrina é mais judaica que a paulina, mas não quero justificar meu ponto de vista através desse prisma.

A questão dos usos e costumes é regional e temporal dentro de uma determinada cultura. A doutrina se sobressai a esses limites e é supracultura, supraregional e permanente.

O que o apóstolo Pedro estava combatendo (analise bem o contexto) era o uso de jóias com valor dispendioso. Naqueles tempos era costume usar fios de ouro trançados nos cabelos (nas tranças) para adornar as mulheres e o apóstolo está ensinando a lição da simplicidade, que as mulheres deveriam ser simples como as santas mulheres e que o verdadeiro adorno(que deveria sobressair) deveria ser de um espírito manso e humilde.

Os que fazem uso dessa passagem de modo distorcido também usam as palavras de Jesus de que é difícil um rico entrar no reino dos Céus e esquecem-se de que Abraão era rico, Isaque e Jacó, ídem. Jó, então, nem se fala e depois Deus lhe deu tudo em dobro! Logo, é possível ser rico e ser salvo, pois a lição ali era sobre a avareza versus a simplicidade e o desapego às riquezas materiais e doação de seu tesouro para o próximo.

Quanto ao pastor José Wellington, nosso presidente, é um homem viajado e sabe que na América, no Japão e na Coréia (do David Yong Shoo) não há observância dos usos e costumes que temos aqui. E quem pode duvidar da salvação daqueles irmãos?

Isso não quer dizer que os bons usos e costumes não tenho lugar na vida prática da igreja. Os bons costumes devem ser mantidos, mas nunca serem vinculados DIRETAMENTE à salvação, pois isso seria diminuir a Obra de Cristo na Cruz do Calvário.

Deus lhe abençoe.

No Amor de Cristo!

René disse...

Amado Pastor Guedes,

Gostaria de analisar essa questão de uma forma um pouco diferente: a pessoa que levou o Ministério Público a processar o Datena por homofobia, teria feito isto sem nenhum comentário pessoal sobre o Datena? Quero dizer, será que tal pessoa não poderia ter dito "esse gordo safado vai pagar pelo que disse!"? É uma possibilidade, não?

Mas essa pessoa teria dito isto por uma irrestrita 'gordofobia', ou teria mencionado, apenas, uma característica do Datena? Se fosse por 'gordofobia', cada obeso do nosso País (em número muito maior do que os homossexuais) poderia processá-lo, também. E, mesmo que não fosse por este motivo, continuariam podendo processá-lo, seguindo os próprios critérios de julgamento dessa pessoa! Será que ela acharia isto justo?

Realmente, há uma total corrupção de valores, na consideração daquilo que se diz ser homofobia. E a mídia caiu nela. E pessoas do Ministério Público estão caindo nela. E pessoas de todos os níveis de governo estão caindo nela. Será que todas essas pessoas não estão percebendo a manipulação que está acontecendo? Será que não percebem a guerra que está se formando? Será que não estão enxergando o cerceamento do direito à expressão, que leva à ditadura, que está sendo imposto?

Bom senso é necessário, mas, principalmente, que as pessoas olhem para Jesus e através dEle, para se tornarem melhores e para que um derramamento inútil de sangue não aconteça! Afinal, a situação está tomando proporções assim sérias, sim.

Grande abraço e muita Paz para você e sua família, por todo este ano que está começando!

Anônimo disse...

Caro Pr. Guedes, obrigado pela resposta, que na minha modesta opinião foi bíblica e equilibrada.
Estou congregando no belém a um ano e três meses, antes eu era de outra Assembléia ligada a cgadb e a mesma não observava os usos e costumes.
Eu e minha esposa estamos um pouco assustados, não sei se vamos continuar no belém, em determinados momentos parece que estamos congregando com "radicais xiitas", desculpe a força de expressão.

Abraços no amor de Cristo - Pb. João Eduardo Silva.

Pastor Guedes disse...

Caro René,

Agradeço por seus votos de ano bom e pela visita e comentário.

Você tem toda razão. A questão está tomando proporções assustadoras, mas o pior é que eu acho que estamos apenas no início e teremos muitas batalhas jurídicas e, possivelmente, confrontos em passeatas ou coisas dessa natureza. Só acho que a igreja perdeu a oportunidade de sair na frente desse debate e que poderia ser mais influente para o bem em causas como esta, inclusive no Legislativo. Como? Preparando, a longo prazo (deveria ter feito no passado), a opinião pública e os membros de um modo geral para esse momento e trabalhar para eleger pessoas comprometidas com a moral e ética cristã.

O debate vai longe e isso é apenas uma possibilidade. Não podemos impedir o cumprimento das Escrituras que apontam para um fim como nos dias de Noé, como Sodoma e Gomorra e como Nínive, mas podemos preparar as novas gerações: nossos filhos.

Grato mais uma vez. Você é sempre muito bem vindo aqui. Gosto muito de seu tom ponderado em tudo que diz e escreve.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Pastor Guedes disse...

Caro Pb. João Eduardo,

A Paz do Senhor!

Xiitas temos em todas as igrejas evangélicas ou não. Infelizmente (ou felizmente) temos hoje dois "beléns". Um radical e outro conservador, mas dado ao equilíbrio.

Há igrejas hoje que guardam os costumes apenas na hora do culto e lá fora andam pior que as pessoas mais mundanas com vestes super curtas, apertadas, decotadas ou transparentes e insinuantes (põe insinuante nisso!). E há igrejas que, mesmo não guardando os costumes, têm membros bem mais sensato e esteticamente condizentes com a prática cristã que vemos na Bíblia.

Deus lhe abençoe amado, mas nem todo belemita é xiita. Aliás, acho que os xiitas estão em menor número. Como sou da casa há muito anos, não vejo as coisas assim, mas respeito sua posição e penso que o amado deve mesmo congregar em uma igreja onde sinta-se bem com sua família.

Paz para sua casa!

No Amor de Cristo!

Anônimo disse...

pastor eu estava lendo a reportagem que fala sobre os gays, e me asusto quano um se refere que jesus era gay, temos que orar e nos consagrar pis creio que é o ante cristo se lavantando com toda força, isso é o absurdo... eles não conhecem a verdade quero deixar aqui caso algum ve esse comentario, livro de CORINTIOS E APOCALÍPSE.

Anônimo disse...

PR. É ÓTIMO TER PESSOAS ASSIM COMO SR. PARA PODER CONVERSAR.

CARA PASTOR PARECE QUE OS CRENTES ESTÃO PREOCUPADOS COM A VOLTA DE JESUS, OLHA VOU FALAR AO SR. QUANTO MAIS EU VEJO A PALAVRA SE CUMPRIR TENHO CERTEZA DA VOLTA E FICO MUITO FELIZ, PORQUE QUERO CONHECER MEU MESTRE AI SIM NÃO SEI PORQUE O HOMEM TEM TANTA AMBIÇÃO DENTRO DELE E CORRUPÇÃO, COMO DIZ SE ESTAIS LIMPO LIMPE SE MAIS E SE SUJO SUJA SE MAIS.............
UM ABRAÇO

Pastor Guedes disse...

Caros Anônimos 1 e 2,

Tudo isso são sinais da Vinda do Senhor Jesus. Fiquemos alertas e vigilantes.

paz do Senhor!

Abraço.
no Amor de Cristo!