sábado, 21 de maio de 2011

RICARDO GONDIM É CONVIDADO A DEIXAR A REVISTA ULTIMATO

A Editora Ultimato, que tem uma revista com o mesmo nome, é formada por gente séria e tomou a decisão de convidar o Pastor Ricardo Gondim a se retirar de seu quadro de colunistas ou não continuar como articulista daquele importante veículo de comunicação cristã. A postura dos editores merece, no mínimo, nossa atenção, para não dizer aplauso, posto que, assim dizendo, pode parecer que este editor torce pelo isolamento do escritor em questão. O texto a seguir é do próprio Gondim. Há uma frase onde o ex-articulista, analisa que uma parte de sua história foi amputada. Claro que está falando de seus 20 anos escrevendo para aquele periódico, mas considero que não apenas uma parte de sua história, mas muito da sua fé e de sua antiga prática cristã foram jogadas no lixo quando afirmou sua nova postura frente a assuntos polêmicos, como a união civil de pessoas do mesmo sexo e A AUSÊNCIA DE CONTROLE POR PARTE DE DEUS. Não odeio Ricardo Gondim, absolutamente não, mas também não o admiro mais e oro para que ele revise suas últimas falas e reveja suas mais recentes afirmações.
Após quase vinte anos, fui convidado a “des-continuar” minha coluna na revista Ultimato. Nesta semana, recebi a visita de Elben Lenz Cesar, Marcos Bomtempo e Klênia Fassoni em meu escritório, que me deram a notícia de que não mais escreverei para a Ultimato. Nessa tarde, encerrou-se um relacionamento que, ao longo de todos esses anos, me estimulou a dividir o coração com os leitores desta boa revista. Cada texto que redigi nasceu de minhas entranhas apaixonadas.
Fui devidamente alertado pelo rev. Elben de que meus posicionamentos expostos para a revista Carta Capital trariam ainda maior tensão para a Ultimato. Respeito o corpo editorial da Ultimato por não se sentir confortável com a minha posição sobre os direitos civis dos homossexuais. Todavia, reafirmo minhas palavras: em um estado laico, a lei não pode marginalizar, excluir ou distinguir como devassos, promíscuos ou pecadores, homens e mulheres que se declaram homoafetivos e buscam constituir relacionamentos estáveis. Minhas convicções teológicas ou pessoais não podem intervir no ordenamento das leis.
O reverendo Elben Lenz Cesar, por quem tenho a maior estima, profundo respeito e eterna gratidão, acrescentou que discordava também sobre minha afirmação ao jornalista de que “Deus não está no controle”. Ressalto, jamais escondi minha fé no Deus que é amor e nos corolários que faço: amor e controle se contradizem. De fato, nunca aceitei a doutrina da providência como explicitada pelo calvinismo e não consigo encaixar no decreto divino: Auschwitz, Ruanda ou Realengo. Não há espaço em minhas reflexões para uma “vontade permissiva” de Deus que torne necessário o orgasmo do pedófilo ou a crueldade do genocida.
Por último, a Klênia Fassoni advertiu-me de que meus Tweets, somados a outros textos que postei em meu site, deixam a ideia de que sou tempestivo e inconsequente no que comunico. Falou que a minha resposta à Carta Capital sobre a condição das igrejas na Europa passa a sensação de que sou “humanista”. Sobre meu “humanismo”, sequer desejo reagir. Acolho, porém, a recomendação da Klênia sobre minha inconsequência. Peço perdão a todos os que me leram ao longo dos anos. Quaisquer desvarios e irresponsabilidades que tenham brotado de minha pena não foram intencionais. Meu único desejo ao escrever, repito, foi enriquecer, exortar e desafiar possíveis leitores.
Resta-me agradecer à revista Ultimato por todos os anos em que caminhamos juntos. Um pedaço de minha história está amputada. Mas a própria Bíblia avisa que há tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou. Meu amor e meu respeito pela família do rev. Elben, que compõe o corpo editorial da Ultimato, não diminuíram em nada.
Continuarei a escrever em outros veículos e a pastorear minha igreja com a mesma paixão que me motivou há 34 anos.
Ricardo Gondim 
Soli Deo Gloria
Vi no blog WWW.davarelohim.com.br do meu amigo Pr. Marcelo Oliveira

33 comentários:

João Honoratto disse...

FOI UMA BOA INICIATIVA!
ANTES QUE SE FERMENTE POR COMPLETO A BOA MASSA, É SEMPRE BOM RETIRAR O VELHO FERMENTO!

Pastor Guedes disse...

Caro João Honorato,

A Paz do Senhor!

Agradeço por sua visita e comentário.

Também achei sensata a decisão da diretoria da Ultimato e coerente com a fé que defendemos.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Moisés Jacob disse...

É pastor Guedes, pastor Gondim ainda está colhendo e pagando o preço pelo seu posicionamento teológico e pessoal, primeiro foi a divisão na igreja de fortaleza e até hoje ele não cessa de inovar, criando polêmica a respeito de questões nociva a fé cristã. apz do Senhor Jesus!

Pastor Guedes disse...

Caro Jacob,

A Paz do Senhor!

Concordo plenamente.

Está colhendo o que ele mesmo plantou e olha que ele tinha uma mensagem belíssima a respeito da lei da semeadura em um livro cujo título é: Creia na Possibilidade da Vitória.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

vagner ribeiro disse...

O Ricardo Gondim tem um problema, ele não concorda com a vontade permissiva de Deus, mas não cita nenhum texto bíblico para contradizer. Já sobre ele ser humanista, ele também não explica, mas ele falar, como cristão, se é que ele é, que os que se declaram homoafetivos, ou seja, GAY, não deve ser classificado como devassos promíscuos ou pecadores, isso já é demais. Gondim pede pra sair e só volta quando se converter de novo

Pastor Guedes disse...

Caro Ricardo Reis,

A Paz do Senhor!

É bem por aí, mas continuo achando uma pena que um talento como esse tenha se perdido em meio às filosofias vãs. Que Deus tenha misericórdia dele e de nós!

Deus lhe abençoe.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Edmilson Santos disse...

Passarei a admirar mais está revista pela sua postura corajosa.

Marcello de Oliveira disse...

Shalom!

Amado Pr Guedes, é uma pena um biblista e expoente da pregação, deixar a teologia pela filosofia existencialista.

Blaise Pascal disse: Submissão e uso da razão - eis em que consiste o verdadeiro cristianismo. O último passo da razão é reconhecer que existe uma infinidade de coisas que a supera. Se a razão não reconhece isso, ela é fraca. Se as coisas naturais a superam, o que se dirá das sobrenaturais?

Eis aqui o drama do Gondim, desejar que uma mente finita e corrompida pelo pecado, descubra tudo debaixo do céu. Termino com está pérola de Blaise Pascal:

"É o coração que sente Deus e não a razão. Eis o que é a fé: Deus sensível ao coração e não à razão".

Um abraço amigo, do amigo -

Pr Marcello Oliveira

P.s>> Solicito o amigo, que veja o nome do meu site neste post. Está: DARELOHIM. O correto é DAVARELOHIM Grato!

Pastor Guedes disse...

Caro Edmilson,

A Paz do Senhor!

É uma revista séria sim. Vale a pena verificar.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Pastor Guedes disse...

Caro Pr. Marcello,

Shalom!

Obrigado por sua visita ilustre.

De fato, infelizmente, o Gondim deixou-se levar pelas inquietações do existencialismo e se perdeu no mar das vãs filosofias.

Desculpe a fonte errada. Vou corrigir agora mesmo.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo.

Alberto Couto Filho disse...

Pr Guedes,
A paz
O texto do Gondim, que está cada vez mais brôco (desorientado, é mais uma de suas burundangas (coisas imprestáveis) assim como é uma brefáia (bagulho) essa teologia que professa.
No Ceará não tem disso não!
Como disse o Vagner Ribeiro, em momento algum ele contradiz, valendo-se de textos bíblicos, a sua insensata discordância com a vontade permissiva do Altíssimo.
É, realmente, patético.
Parabéns aos próceres administrativos da Ultimato - pelo afastamento do Gondim e pela inclusão do Pr. Joelson Gomes como articulista.
Parabéns ao meu egrégio amigo pelo precioso informe

Isac Sena Alves disse...

Já vai tarde! Muito tarde, aliás. Grande parte da responsabilidade pela disseminação das heresias é de editores, que Por simpatizarem ou estarem “dormindo”, servem de instrumento desses heresiarcas, que maliciosamente, arrasam a fé de humildes ovelhas. Meus parabéns a revista ultimato que, em uma época onde a extrema tolerância e a “lei do politicamente correto” imperam, teve a coragem de ser fiel a fé que foi dada aos santos.
sola scriptura.

Missionária Bella Dourado disse...

Bom Dia amado Pastor!

Não lamento a saida do Pr. Gondim - até mesmo porque ele é inteligente para certamente saber que aconteceria isso.

leio Gondim, ele pode escrever e falar coisas que desagradam e que são consideradas fora do contexto bíblico, mas também não posso negar que anseia pelo bem dos menos favorecidos.

Mas o que admiro nele é sua coragem de dar a cara a tapa, pois não é todo mundo que assume o que pensa , aliás sei de pastores antigos sentados na mesma cadeira , com os mesmos costumes e infelizes por medo de mudar, por medo do isolamento, ou melhor por medo da "Ex - comunhão" dos crentes.

Eu confesso admiro a coragem que o Pr. Gondim tem.

E também confesso eu não o Pr. Guedes conheço mas o admiro e respeito com a mesma fragilidade e coragem, pois são os opostos que me fazem crescer.

Que Deus abençõe as vossas vidas.

Tenha uma abençoada semana.

Alberto Couto Filho disse...

Pr Guedes,
A paz
O texto do Gondim, que está cada vez mais brôco (desorientado), é mais uma de suas burundangas, assim como é uma brefáia anti-cristã essa teologia que, infelizmente, vem professando.
E eu que pensava que no Ceara não tinha disso não!
Como disse o Vagner Ribeiro, em momento algum ele contradiz, valendo-se de textos bíblicos, a sua insensata discordância com a vontade permissiva do Altíssimo.
Como prosei em meu blog ele é um dos três patéticos.
Parabéns aos próceres administrativos da Ultimato - pelo afastamento do Gondim e pela inclusão do Pr. Joelson Gomes (Graça Plena) como articulista.
Parabéns ao meu egrégio amigo pelo precioso informe

Pastor Guedes disse...

Caro Isac Sena,

A Paz do Senhor!

Obrigado por comentar aqui.

Compartilho com seu pensamento.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Pastor Guedes disse...

Prezada Missionária Bella Dourado,

A Paz!

A irmã sabe que sempre respeitei sua opinião como respeito agora, mas querer o bem dos menos favorecidos até o Papa o faz, a senhora o faz, eu o faço (penso que faço).

É verdade que o Ricardo não tem medo de dar a cara para bater, mas nessa situação, especificamente, não vejo nenhuma virtude em dar a cara para bater quando se desdiz tudo o que já pregou e ensinou. Além do mais ele não tem medo porque não não tem mais nada a perder. Ele próprio se auto-excomungou e está se isolando cada vez mais por conta de sua truculência.

Como dizem os outros que comentaram aqui. O Gondim já não usa mais a Bíblia, a Palavra de Deus, para ratificar ou defender suas afirmações ou escritos. É realmente uma pena.

Deus abençoe sua vida e sua casa.

Pastor Guedes disse...

Caro Alberto,

A Paz do Senhor!

Você é demais!!!

Vou discordar de você, meu Amigo, porque o Ricardo Gondim é do Ceará kkkkk

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Anônimo disse...

Pelo que vejo, o Ricardo Gondim dá muito ibope aqui no blog do Pr. Guedes. Uma boa parte do que se publica aqui diz respeito ao que o Gondim faz e pensa. É uma pena que quase a totalidade dos comentários esteja recheada de ódio, inveja, despeito e medo. Antes que especulem, sou sim membro da igreja Betesda e admirador do Ricardo. Admiro-o porque é autêntico e não tem medo de questionar dogmas ultrapassados e pelo fato de entender a Bíblia como a maior mensagem de amor que já foi comunicada à humanidade. A divisão da igreja em Fortaleza foi ocasionada, acima de qualquer coisa, por disputa de poder. Uma fé que não suporta ser questionada, não passa de uma leve impressão. A fé que Jesus nos ensinou caminha de mãos dadas com o amor. Rifar versículos para defender sua opinião qualquer um faz, mas ser coerente com a missão cristã que está posta, é para poucos.

Pastor Guedes disse...

Caro Anônimo,

A Paz!

Agradeço por visitar meu blog e deixar um comentário.

A igreja do Ricardo é frequentada por pessoas muito inteligentes, o que não parece ser o seu caso. Basta dar uma olhadela no blog e perceber que as matérias sobre o Gondim (que são muitas) são fruto de minha desilusão ou, para usar um termo dele em uma de suas mensagens, "desencanto". É isso.

Fui admirador de seu pastor, que ainda considero inteligente e corajoso, mas apenas isso.

Talvez você o conheça somente nesse período que está em São Paulo, eu, no entanto, o conheço desde Fortaleza, quando foi um homem cheio do Espírito Santo e pregava com intrepidez nada comparada a essa "ousadia" em suas afirmações filosóficas pobres.

O que você chama de dogma ultrapassado eu chamo de sã doutrina. Falar que Deus não está no controle é, para mim e para maioria dos cristãos no mundo, heresia.

Quanto à sua fala, seu pastor pode ser autêntico, mas não você, pois esconde-se no anonimato. Outra coisa você se diz admirador, mas eu entendo bem esse tipo de admiração: você idolatra o Ricardo (ricardólatra) e não sabe ou sabe e não admite. Pare para pensar meu amigo, seu pastor (e nenhum outro) não está acima das Escrituras.

Abraço.

Alberto Couto Filho disse...

Abençoamado Pr Guedes,
A paz

À toa, como o comentarista anônimo, criei um versão metabólica daquele seu comentário, um buzugo, como ele, não-muito inteligente..
Repeti, em termos diferentes, suas idéias sobre o Ricardo Gondim, rifando suas opiniões e buscando coerência com a missão cristã que, segundo sua clara ignorância, está posta.


Pelo que vejo, o que chamam brefáias e burundangas do Ricardo, por mim considerado o Einsten cearense da “Teologia da Relatividade”, dá muito ibope entre pastores que não apostataram da fé; que não abjuraram a sã doutrina, admitindo que o Criador está longe de ser soberano e é um “deuszinho” mixuruca, mutável, não onipresente e, quem sabe até, inexistente.
Eu, antes mesmo que especulem, sou um membro fiel de uma seita, estupidificado, contudo entusiasmado pelo que dizem ser babosices daquele autêntico, adorável, e já considerado por muitos, o heresiarca dessa
facção religiosa da qual, orgulhosamente, faço parte.
Confesso que já não consigo mais tolerar, e sinto até pena, de ver publicado aqui e ali, nesta odiosa e intrigante blogosfera cristã, comentários postados, quase em sua totalidade, por cristãos que, por sentirem medo, não abdicam das verdades espirituais contidas nas Sagradas Escrituras, seguidores de blogs cujos editores, alardeando inexplicável caturrice, reafirmam em suas postagens que, definitivamente, este Deus, que o Ricardo me ensinou ser vulnerável, é o Senhor de todas as coisas.

Alberto Couto Filho disse...

Esses comentários estão recheados de desencanto, repúdio, repulsa e aversão aos seus não intencionais (foi sem querer, querendo) desvarios e à sua não intencional irresponsabilidade. Aprendam todos, comentaristas e blogueiros cristãos retrógrados e medievais, que ser desvairado e irresponsável são qualidades pertinentes à macheza e à autenticidade do quem sabe que Deus não tem nada de onisciente.
Admiro o Ricardinho pelo seu imoralismo, por ser um tresloucado, pela sua autenticidade, pelos seus desvarios e pela irresponsabilidade com que ele questiona, o conteúdo bíblico, como ele mesmo diz, apinhado de dogmas ultrapassados – isto é dar a cara; isto é ser macho! Eu o adoro!
Tenho a “leve impressão” de que a divisão da igreja em Fortaleza foi ocasionada, sim, pelo fato do Ricardo crer (ter fé) que Deus não esteja mais no controle e que seja, verdadeiramente, “todinho-poderoso”. Como eu o admiro!

Alberto Couto Filho disse...

Foi lá no Ceará que, injustamente, o chamaram herético, vejam vocês, apenas, por ter fé na inexistência de Deus. É esta a fé que Jesus disse caminhar de mãos dadas com o amor.
Fazem parte da missão cristã que está posta: A adoção de crianças por casais do mesmo sexo; o casamento de homossexuais nas igrejas; a criminalização da homofobia com as sanções previstas na PL 122; o kit-gay para as escolas públicas.
Sejamos coerentes! O Ricardo precisa polemizar para vender seus livros. Disse ele, e todos leram, ao declarar-se inconseqüente e irresponsável, que seu desejo ao escrever é enriquecer, desafiando seus possíveis leitores.
Façamo-nos entender. Até hoje, por exemplo, não entendi o que o Teórico da Relatividade, Albert Einstein, quis dizer com esta frase:
Somente duas coisas são infinitas: o Universo e a estupidez humana. E não estou seguro quanto à primeira.



Grifos do autor:
(sem querer, querendo)
Possíveis
Não entendi

Alberto Couto Filho disse...

Foi lá no Ceará que, injustamente, o chamaram herético, vejam vocês, apenas, por ter fé na inexistência de Deus. É esta a fé que Jesus disse caminhar de mãos dadas com o amor.
Fazem parte da missão cristã que está posta: A adoção de crianças por casais do mesmo sexo; o casamento de homossexuais nas igrejas; a criminalização da homofobia com as sanções previstas na PL 122; o kit-gay para as escolas públicas.
Sejamos coerentes! O Ricardo precisa polemizar para vender seus livros. Disse ele, e todos leram, ao declarar-se inconseqüente e irresponsável, que seu desejo ao escrever é enriquecer, desafiando seus possíveis leitores.
Façamo-nos entender. Até hoje, por exemplo, não entendi o que o Teórico da Relatividade, Albert Einstein, quis dizer com esta frase:
Somente duas coisas são infinitas: o Universo e a estupidez humana. E não estou seguro quanto à primeira.



Grifos do autor:
(sem querer, querendo)
Possíveis
Não entendi

Pastor Guedes disse...

Caro Alberto,

KKKKKK

Ter um amigo como você vale por três, assim como seu comentário vale por três.

Achei ótima a expressão "Einstein cearense da Teologia da Relatividade". Que posso dizer mais. Você é gênio como o Einstein!!!

Meu Amigo, acho que você fez esse comentário para me proteger dos "Terríveis Anônimos" kkkk

Obrigado por colaborar aqui com sua cabeça boa e repleta de cultura sadia!

Faz um favor: ESCREVA MAIS EM SEU BLOG E COMENTE MAIS NO MEU, OK?

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamigo pr. Guedes,

A paz de Cristo, o nosso Senhor!

Estou estupefato com a mania atual de muitos admitirem que devem ser considerados os que FORNECEM a cara a tapas.

Dar a cara a tapas, deve ser visto como uma afronta à mentira ou à verdade.

Nunca como a confirmação do certo, como imaginam.

Por acaso, neste caso, cremos que o conhecimento humano sucumbiu à prótese mal feita da verdade com os trapos da desvantagem humana em seus conhecimentos infundados da simplicidade da Bíblia, ou seja de forma direta, da Palavra que ensina e orienta aos que sentem fome e sede de justiça.

É tempo! Tempo de vigiar e orar!

O Senhor seja contigo, nobre pastor!

O menor de todos os menores.

Alberto Couto Filho disse...

Meu amigão,

Vc acertou - protejo e protegerei com os meus ditos e escritos todo e qualquer homem de Deus que, como vc, demonstre sua fidelidade Àquele que é o autor e consumador da nossa fé:

Os poltrões que têm o anonimato como escudo e broquel serão sempre alvos da minha singular mordacidade. Deus me fez assim.

Vc errou - quando disse que "enriquei" com palestras. kkkk

Aguarde! "vou sentar o pau" naquele tacanho do Zaqueu por conta do seu questionável arrependimento.

Ficou curioso?
Enquanto isso estarei orando pelos seus adoráveis filhores.
Sim

Pastor Guedes disse...

Caro Pr. Newton,

A Paz do Senhor!

As coisas andam mudando muito rapidamente e para pior. Nós, blogueiros, parecemos aqueles profetas da última hora que gritam para serem ouvidos, porém, não querem dar ouvidos à nossa voz.

A Igreja está dormindo e nós como atalaias temo que ficar bem acordados, vigilantes!

Sua presença muito me honra.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Pastor Guedes disse...

Prezado Alberto,

A Paz!

Soube que estão criando uma nova AAA? Associação dos Alienados Anônimos. Deus nos livre de sermos participantes da covardia alheia...

Forte Abraço e obrigado pela defesa kkk


Deus abençoe sua casa.

Alberto Couto Filho disse...

Pr Newton Carpintero

A paz

Pode crer: Quando não mais restarem fios de cabelo em minha já reluzente calva, quero escrever como vc.

Pr Guedes

Gosto de reclinar minha cabeça nos ombros do amigo Carpintero. Como o senhor, ele é ótimo.
Paz
Sim

Pastor Guedes disse...

Caro Alberto,

A Paz!

Vejo que além de culto você é também inteligente para escolher suas amizades (falo com relação ao Pr. Newton Carpinteiro). O Pastor Newton e eu também passamos horas ao telefone (ele paga, claro! rs) trocando ideias elegantes como ele o é.

Deus lhe abençoe mais!!!

Isac Sena Alves disse...

O Pr. Edney Melo, da Igreja Betesda do bairro Montese em Fortaleza, pediu desligamento da igreja afirmando, por meio de seu blog, que:
Ter discordado da orientação de aconselhar casais homossexuais com se fossem casais Héteros “No entanto, ano passado, em conversa com um dos principais pastores da Betesda, eu o ouvi falar de uma reflexão que estava sendo feita sobre a questão homossexual, que, deveria ser considerada pela igreja, normal. Inclusive, disse ele estar disposto a aconselhar casais homossexuais em sua comunidade, como se foram héteros, com a restrição de não serem promíscuos.”
E por não aceitar o fato da liderança da Betesda ter questionado as doutrinas da ressurreição e da volta de cristo “A partir daí, passei a ter uma série de conversas com a liderança cearense da Betesda, com quem questionei esses e outros pressupostos, contidos no consciente coletivo da igreja, como a volta de Jesus, a ressurreição e outras questões que considero irrefutáveis.”
O pastor a firma também que as questões sobre homossexualismo surgiram muito antes da entrevista do Pr. Gondim à revista carta capital.
Veja o texto na integra: http://edney.wordpress.com/2011/05/18/minha-ultima-mensagem-para-a-betesda/

Anônimo disse...

O Pr. Edney Melo, da Igreja Betesda do bairro Montese em Fortaleza, pediu desligamento da igreja afirmando, por meio de seu blog, que:
Ter discordado da orientação de aconselhar casais homossexuais com se fossem casais Héteros “No entanto, ano passado, em conversa com um dos principais pastores da Betesda, eu o ouvi falar de uma reflexão que estava sendo feita sobre a questão homossexual, que, deveria ser considerada pela igreja, normal. Inclusive, disse ele estar disposto a aconselhar casais homossexuais em sua comunidade, como se foram héteros, com a restrição de não serem promíscuos.”
E por não aceitar o fato da liderança da Betesda ter questionado as doutrinas da ressurreição e da volta de cristo “A partir daí, passei a ter uma série de conversas com a liderança cearense da Betesda, com quem questionei esses e outros pressupostos, contidos no consciente coletivo da igreja, como a volta de Jesus, a ressurreição e outras questões que considero irrefutáveis.”
O pastor a firma também que as questões sobre homossexualismo surgiram muito antes da entrevista do Pr. Gondim à revista carta capital.
Veja o texto na integra: http://edney.wordpress.com/2011/05/18/minha-ultima-mensagem-para-a-betesda/

Isac Sena Alves

Pastor Guedes disse...

Caro Isac Sena,

A Paz do Senhor!

É uma pena ver a igreja que o jovem e talentoso médico, pastor e pregador exímio, Ademir Siqueira, tenha fundado, encontre-se agora em um mar de debates e indefinições teológicas.

Está longe de ser a Betesda que eu conheci em Fortaleza há cerca de 25 anos. Não sei quem introduziu o liberalismo a ponto de debaterem acerca da ressurreição do Senhor Jesus e Sua Vinda - cláusulas petreas para mim - e quem suscitou o debate sobre o homossexualismo. Todavia, tudo isso é fruto de uma teologia liberal que resolveu afirmar que a Bíblia não é, mas apenas contém a Palavra de Deus, como você pode observar no meu último post.

Deus lhe abençoe pela contribuição.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!