quarta-feira, 1 de junho de 2011

GAYS PROMETEM QUEIMAR A BÍBLIA EM PROTESTO PÚBLICO, DEPOIS NEGAM ATRIBUINDO A HACKER

Hoje o mundo virtual foi tomado de assombro pela notícia de que os gays estariam preparando um protesto contra a homofobia. Entre os atos estaria a queima de um exemplar da Bíblia Sagrada, um livro, segundo eles, homofóbico. Ao verem a repercussão contrária no twitter, as lideranças gays trataram de negar o fato, atribuindo o ato a um hacker. Está apenas começando. Lembram-se do que aconteceu em Sodoma e Gomorra, quando os habitantes daquelas cidades investiram contra a casa de Ló para "conhecerem" os varões estrangeiros e os anjos precisaram cegá-los para saírem ilesos? Oremos! Oremos!

Em site da ABGLT, ativista gay classifica a Bíblia como um livro homofóbico.
"Em frente a Catedral, nós ativistas LGBT, iremos queimar um exemplar da Bíblia Sagrada. Um livro homofóbico como esse não pode existir em um mundo onde a diversidade é respeitada. Amanhã iremos queimar a homofobia. - COMPAREÇA"
No que a entidade classifica como um "ataque hacker", um aviso postado na tarde desta terça-feira (31) no site da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) convocava simpatizantes a um evento em Brasília, supostamente programado para amanhã (1), em que seriam queimados exemplares da Bíblia.
Na primeira versão publicada na seção de "eventos nacionais" da página virtual, o texto dizia que "em frente a Catedral, nós ativistas LGBTT iremos queimar um exemplar da 'Bíblia Sagrada'". Em seguida, a mensagem defendia que "um livro homofóbico como este não deve existir em um mundo onde a diversidade é respeitada."
Por fim, o autor da postagem, que se indentificava como "João Henrique Boing, ativista GLSBTT", conclamava o público para seu suposto ato: "Amanhã iremos queimar a homofobia. Compareça".
Após o anúncio gerar comentários raivosos no Twitter, uma nova versão do aviso foi postado. O texto dizia: "Queimando a Homofobia: aglomeração as 14h na porta da catedral. Tragam livros religiosos, em prol da diversidade".
Às 20h40, esse trecho continuava publicado no site da instituição, uma das mais atuantes no processo que culminou com a aprovação da união estável entre homossexuais pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no dia 5 de maio.
Segundo Toni Reis, presidente da associação, tudo não passou de um ataque de hackers. "Não somos nós que estamos publicando esse tipo de coisa. Temos respeito total pelas religiões. A Bíblia é para ser respeitada", disse ele, que afirmou ter teólogos no corpo diretivo da entidade.
A liderança gay, que se uniu ao seu companheiro logo após a decisão no Supremo, explicou que já entrou em contato com as autoridades policiais de Curitiba, cidade sede da ABGLT, para registrar a modificação ilegal de sua página virtual. "Estamos até cogitando tirar o site do ar", assumiu.
Toni pediu "mil desculpas" aos que se sentiram ofendidos com a postagem. "Estamos tentando verificar quem é o autor desse tipo de ataque. É alguém muito mal intencionado. As pessoas que são homofóbicas não param de nos atacar."
Segundo ele, esta não foi a primeira vez que hackers teriam entrado na página da entidade. Há dois meses, explica ele, foi publicada a seguinte mensagem na página eletrônica: "Bolsonaro para presidente do Brasil", em referência ao deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ), que protagonizou inúmeros ataques aos movimentos gays nos últimos tempos em Brasília.
Maranata. Ora Vem Senhor Jesus!
Deus abençoe a todos.

10 comentários:

VALDIR disse...

A PAZ DO SENHOR PASTOR GUEDES.
LAMENTÁVEL ESSA NOTICIA, SE REALMENTE ELES FOREM REALIZAR ESSE ATO, ISSO TUDO PODE RESULTAR NUM CONFRONTO DE MAIORES PROPORÇÕES, POIS SEMPRE TEM AQUELES MAIS EXALTADOS DOS DOIS LADOS, EXTREMISTAS GAYS E EXTREMISTAS RELIGIOSOS,SE ISSO FOI UMA JOGADA DE MARKENTING DA PARTE DELES, O TIRO SAIU PELA 'CULATRA' COMO ELES MESMOS DESTACARAM, TEVE UMA REPERCURSÃO NEGATIVA- O SENHOR SE LEMBRA DAQUELE EPISODIO EM QUE AQUELE BISPO DA IURD CHUTOU A "SANTA"?
A REPERCURSÃO DESSE EPISÓDIO VAI SER E JÁ É,EXTREMAMENTE NEGATIVA PARA ELES, POIS VAI PROVAR A TODOS QUE OS VERDADEIROS PRECONCEITUOSOS SÃO ELES.VÃO TOCAR EM UM "OBJETO SAGRADO' PARA MUITAS RELIGIÕES...NÃO ACREDITO QUE SEJAM TÃO BURROS, MAS SE INTENÇÃO DELES FOR ESSA REALMENTE, A PRÓPRIA HISTÓRIA JA NOS MOSTROU QUE ATITUDES COMO ESSA NUNCA VÃO CAUSAR O EFEITO DESEJADO. SE ELES TEM A INTENÇÃO DE DESMERECER OU AFRONTAR AS SAGRADAS ESCRITURAS COM ESSE ATO,
ISSO ELES JÁ O FAZEM COM SUAS VIDAS PROMISCUAS E PECAMINOSAS, SÓ VÃO TORNAR PÚBLICO SEU DESRESPEITO, DESPREZO E ÓDIO POR DEUS E PELA SUA PALAVRA, VÃO "OFICIALIZAR" SEU PECADO PERANTE A SOCIEDADE, E COM O AVAL DO SUPREMO TRIBUNAL, E POR FALAR EM S.T.F, SEPAREI UM VERSICULO PARA ELES:

"AI DOS QUE DECRETAM LEIS INJUSTAS, E DOS ESCRIVÃES QUE ESCREVEM PERVERSIDADES"(ISAIAS 10-1).
QUE DEUS TENHA MISERICÓRDIA DE NÓS E DE NOSSOS FILHOS.
NO MAIS PAZ.

Pastor Guedes disse...

Caro Prof. Valdir,

A Paz do Senhor!

Esse é o meu maior receio, só que eles têm mais convicções que muitos crentes medrosos.

Oremos para que nada disso aconteça e tenhamos paz!

Deus lhe abençoe.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Gildo Soares disse...

hahah

A Paz do Senhor Pr. Guedes.

Assim fica fácil né, colocar a culpa em Hackers depois..rsrrs

Eles viram que isso repercutiu mal para eles e agora estão com desculpas.

Eu sinceramente não acredito que isso tenha sido ação de Hacker.

Abraços.

Gildo

Pastor Guedes disse...

Caro Gildo,

A Paz!

É isso mesmo! Penso que eles até fizeram isso para medirem o grau de aceitabilidade ou rejeição da sociedade e viram que a coisa não é tão bem vista assim, e aí retrocederam.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Micheline Gomes disse...

Pr. Guedes paz do Senhor!

Obrigada mais uma vez pela força. Há em meu blog pequenas ministrações já com a vinheta. O programa estou trabalhando nele ainda. Passa no meu blog e leia esta postagem: http://michelineblogs.blogspot.com/2011/06/podem-queimar-biblia.html

O Senhor contigo!

Pastor Guedes disse...

Cara Irmã Micheline,

A Paz do Senhor!

Obrigado pela visita!

Estarei visitando seu blog agora mesmo!!!

Deus lhe abençoe.

Ricardo Moura disse...

Amado pastor Guedes, a paz do Senhor!

Não nego que fico muito preocupado com as conseqüências de um provável confronto entre as entidades religiosas e os que se dizem "discriminados" pela Bíblia sagrada. O desrespeito em relação aos escritos santos cresce na proporção em que a legislação e a sociedade se dizem "evoluir" quanto à aceitação de comportamento que outrora eram tomados por bizarros, mesmo por não-cristãos. Eu temo pelo confronto no que diz respeito ao posicionamento dos cristãos quanto a isso. A separação entre o que a palavra diz e o que o mundo prega está cada vez mais clara, portanto, já se tem por postulado que quem professa as praticas homossexuais nega a Bíblia. Creio que atos como queimar a Bíblia em público ou promover afrontas as igrejas como passeatas na frente das mesmas serão cada vez mais freqüentes nestes últimos dias, e somente igrejas fieis à palavra não cederão às pressões da sociedade. São pastores assumindo a homossexualidade, igrejas que se dizem defensoras de qualquer manifestação de amor, fora uma mídia que procura distorcer com todos seus recursos o que foi escrito por inspiração divina. Deus nos guarde de cairmos enquanto igreja diante destas forças malignas. Que a chama do Espírito permaneça em nossos corações para que defendamos a santa palavra de Deus a qualquer custo.

Que Deus guarde nossas familias. Fique na paz do Senhor.

Pastor Guedes disse...

Caro Ricardo,

A Paz do Senhor!

É exatamente esse o meu temor, mas toda igreja tem a sua história e seus desafios. A igreja primitiva, os pais apostólicos, os reformadores, os movimentos missionários, etc. todos tiveram desafios diferentes dos nossos. Os nossos desafios têm a ver com diversidade de uma sociedade cada vez mais plural. E por ser plural, vemos de tudo, inclusive pastores gays e pastores que não são gays defendendo o movimento homossexual. Cabe a nós, como Igreja de Cristo, guardarmos a Palavra e sermos fiel a Deus custe o que custar. Todavia, a Igreja de Deus não deve se opor à violência com violência, senão com manifestações pacíficas e debater os assuntos teológica e diplomaticamente.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Geovani Figueiredo dos Santos disse...

Se querem queimar a Bíblia é porque as suas Verdades Eternas lhes incomodam. Na verdade, a Bíblia expõe com clareza qual o fim de todos os homens sem Deus, inclusive o desta casta "minoritária". São veementes as exposições bíblicas contra a prática homossexual, caracterizada como contrária à natureza ( Rm 1.26). Paulo declara que tais indivíduos não herdarão o Reino de Deus, Vejamos: "Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus (1 Co 6.10).

Estes versículos com certeza incomodam os que vivem na prática do homossexualismo,daí taxar-se o Livro Sagrado como homofóbico.Que oremos por estes indivíduos,para que Deus lhes conceda arrependimento de suas más obras antes que seja tarde demais.

Pastor Guedes disse...

Caro Geovani,

A Paz do Senhor!

Sem dúvida, assim como a luz incomoda e elimina totalmente as trevas, também a Verdade do Evangelho incomoda e elimina a mentira, que é a base do ministério do erro e da impiedade.

Obrigado por visitar meu blog e deixar esse comentário.

Deus lhe abençoe.

No Amor de Cristo!