quinta-feira, 24 de maio de 2012

O DESAFIO DE SILAS MALAFAIA - PARTE II



Quando criei este blog vi nele um espaço para publicar estudos bíblicos e mensagens, as mais diversas, mas com o passar do tempo ascendeu minha veia apologética e percebi que a igreja precisava mais de apologetas (ou apologistas) que teólogos, se bem que não me considero nem uma coisa nem outra.

Voltei ao assunto em questão porque tomei conhecimento no twitter da repercussão de meu texto anterior e resolvi vir a público reiterar que as expressões em meu blog e o teor ali postado, assim como todos os posts assinados por mim, são de minha inteira responsabilidade. Em nenhum momento deixei-me guiar por pastores ou por convenções, embora seja submisso tanto a um quanto ao outro.

Em meu artigo anterior citei uma grande igreja em Fortaleza que rejeitou o material do Pastor Silas Malafaia, preferindo o material da CPAD. Congrego nessa igreja e nela sirvo ao Senhor como pastor, inclusive dirigindo uma boa congregação. Todavia, quero voltar ao palco da blogosfera para advertir a todos, que se ocupam da leitura dessa página, que não fui induzido (e não me permitiria a isso) por meu pastor ou por qualquer ministro da Igreja Assembleia de Deus Canaã. Quero, portanto, assumir toda e qualquer responsabilidade pelo teor do texto, isentando assim o Amado Pastor Jecer Goes e/ou outros pastores desse digno ministério. Aliás, mesmo quando servia ao Senhor em São Paulo - ministério do Belém - já criticava a postura do Pastor Silas com relação à  teologia da prosperidade.

Como fui desafiado, enquanto blogueiro, resolvi falar sobre o assunto, e isso o fiz do mesmo modo que o Pastor Altair Germano em seu blog, a Rô, no blog Mulheres Sábias e outros. Citei os nomes desses dois colegas porque li seus artigos e os considero éticos e não-ofensivos. Não me associo a blogueiros que difamam pessoas ou trabalham negativamente o caráter dos pastores. Portanto, isento o Pastor Jecer, o Ministério e a Igreja Assembleia de Deus Canaã, da qual faço parte, de todo e qualquer incidente por conta do que escrevi e mantenho a isenção de meu blog, isto é, a autonomia, inclusive em relação às questões ministeriais da Canaã.

Reitero ainda que nada tenho de pessoal contra o Pastor Silas Malafaia e se pesquisarem em meu blog acharão elogios à sua pessoa quando esteve no Programa do Ratinho para debater o MP 122/06. Entendo inclusive que é bom cidadão e cumpridor de seus deveres.  Também apoio a luta contra a causa gay e contra o aborto, embora não faça disso uma bandeira exclusiva em minha página na internet. Reconheço que meus textos são ácidos e confesso que, ao relê-los, principalmente os que citam o Pastor Silas, andei carregando um pouco na tinta. Acredito que Deus levantou o Pastor Silas no início de seu ministério para fazer a diferença, mas entendo que ele errou ao abraçar a teologia que hoje esboça.

Maranata. Ora Vem Senhor Jesus!
Deus abençoe a todos.
No Amor de Cristo!

14 comentários:

Junior Melo disse...

O cumprimento do dever cristão como pastor, apologista, ou mesmo ovelha, é abrir os olhos do entendimento espiritual aos que , por excesso de amizade , teimam em tapar escandalos ou devios biblicos.O Adágio popular é sábio quando aconselha que "melhor uma verdade doída que uma mentira aocicada".TEmpos áureos em que o grande Pastor Malafaia combatia co ardoroso vigor as famigeradas teologias importados dos EUA,como a confissão positiva e a mais famosa e não menos nociva a igreja do Senhor e a mais em voga da atualidade:a teologia da prosperidade.LEmbro das defesas acaloradas em que Silas ,que estava a época jogando no time dos crentes que pregavam o evangelho da salvação,combatia os desmando do clero romano, defensores e propagadores da idolatria .Hoje há ainda irmaos se empenahndo a cobrir o manto da apostasia em que Silas Malafaia se envolve a cada apariçao na mídia.Quando este levanta a bandeira da família em defesa da vida pelo combate ao aborto,em oposição a movimentos gays, a máscara da apostasia cai e revela a face de um Silas MAlafaia dos bons tempos de ministro do evangelho de CRisto como um servo fiel deve se comportar.PArece que as metas de contratos milionários assinados com veiculos de comunicação, tem falado mais alto na seara do pastor carioca.
(Júnior Melo-membro da Assembleia de Deus Canaa- )

Pastor Guedes disse...

Caro Júnior,

A Paz do Senhor!

Agradeço pela vista e comentário.

Essa seria uma boa notícia: o rompimento do Pastor Silas com essa teologia e seu retorno à defesa da sã doutrina.

Deus abençoe o Amado.
No Amor de Cristo!

klebersantos disse...

A Paz do Senhor JESUS!, pastor Guedes.
Eu creio que, o que o senhor publicou no ultimo 'post', foi muito elucidativo e respeitoso quanto a sua opinião e pensamento quanto a postura do pastor Silas.

Se a igreja não se posicionar contra lideres que se acham certo em tudo que fazem e pensam, esses caras vão fazer atrocidades com as ovelhas do Senhor Jesus.

Eu também concordo com o senhor quanto a pastores e lideres que precisam mais defender a fé evangélica.

Vamos imaginar que ninguém se posicionar-se contra esse tipo de desvio doutrinário .(....)ou conduta como a do Silas. muita gente ficaria pensando que eles estão coberto de razão.

O posicionamento do senhor é digno de respeito. e ‘eu’ concordo e te apoio.

A Bíblia declara: "Portai-vos com sabedoria... para saberdes como deveis responder a cada um" (Cl 4:5-6). Pedro instou aos crentes: "Santificai a Cristo, como Senhor, em vossos corações, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós, fazendo-o, todavia, com mansidão e temor" (1 Pe 3:15-16).

como disse Salomão: "Ao insensato responde segundo a sua estultícia, para que não seja ele sábio aos seus próprios olhos" (Pv 26:5).

Que DEUS o abençoe
Em Cristo JESUS
Kleber Santos

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Caro pr. Guedes,

A paz amado!

Aproveito para informar ao querido Junior Melo que parte das heresias nos EUA, são provenientes do Brasil.

Uma das grandes tragédias à igreja foi causada pelo (pastor) Oriel de Jesus. Este, mais uma vez, recebeu espaço para pregar, no Encontro dos Gideões de Camboriú. Evento este, que protagoniza grande variedade de heresias, apesar de existirem alguns poucos pregadores responsáveis na pregação, e outros muitos entusiasmados com a multidão. Triste!

Ao ler esta matéria, lembro-me muito bem que, ao iniciar o meu blog, pensei exatamente igual ao amado: Escrever matérias para evangelização, fortalecimento, ensino aos novos irmãos etc.

Após sentir-me, vituperado pelas mostras na internet, dos que zombam e se esbaldam com a teologia da prosperidade, bem como, ao excesso de heresias ensinada as igrejas, alterei a minha direção, para utilizar com o meu pouco conhecimento, denúncias com matérias apologéticas.

É nosso dever como servos, não se calar e assumir a responsabilidade recheada em nossos corações.

O Senhor seja contigo, nobre pastor,

O menor de todos os menores.

Pr. Anselmo Melo disse...

Parabéns meu querido amigo Pastor Guedes.Mesmo o conhecendo apenas por intermédio do Blog sempre admirei sua postura firme em relação a "teologia" da prosperidade e outros devaneios teológicos.Que Deus continue usando o irmão grandemente.
Paz!

Pastor Guedes disse...

Caro Kleber Santos,

A Paz do Senhor!

Agradeço por sua visita e comentário.

Sou grato também por seu sábio posicionamento aliado à Palavra de Deus e aos ensinamentos da sã doutrina.

Deus continue abençoando sua vida.
No Amor de Crito.

Pastor Guedes disse...

Prezado Profeta Newton Carpinteiro,

A Graça e a Paz!

Ao ler suas palavras lembrei-me das palavras do Senhor Jesus encorajando o apóstolo Paulo em Atos 18 dizendo para que falasse e não se calasse, pois ninguém lhe faria mal em virtude de Ele ter muito povo naquela cidade (Corinto).

Obrigado pela participação sempre preciosa do Amado.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Ps. Não esqueça de Fortaleza. Precisamos marcar.

Pastor Guedes disse...

Caríssimo Pr. Anselmo,

A Paz!

Que saudades! Desde que mudei para Fortaleza nosso relacionamento ficou meio distante. Mas também acompanho seu blog sempre e quero lhe dizer da admiração pelo Amado não haver perdido o foco.

Agradeço pela visita ilustre e também pelos comentário.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Alberto Couto Filho disse...

Amigão,
Paz

Vou reproduzir trecho da minha próxima postagem que condensa barro, oleiro e a fragilidade do homem, para identificar a postura do egrégio pastor nesta nossa blogosfera.

"Seguidor da justiça, da fé, do amor e da paz, escolha do Criador, obreiro aprovado e disciplinador de oponentes, vejo-me como um
modesto "utensílio para honra" dos que acompanham minha luta para expurgar do âmbito cristão os falsos mestres, rejeitando e tentando eliminar erros e pecados desses que se gloriam na lei, mas que por transgredi-la desonram ao Senhor, fazendo com que Seu Santo nome seja blasfemado entre os ímpios".

Vejo-me e o vejo como ferrenho defensor da sã doutrina.
Alberto

Pastor Guedes disse...

Caro Amigão ALBERTOOOO!!!!

A Paz!

Que saudades!!! (Espero que entenda o porquê de tantas exclamações rsrs).

Pensei que havia parado de vez. Enviei email e você não respondeu, então pensei: o homem não quer mais nada com a blogosfera.

Que alegria ler seu comentário sempre elegante para com a minha pessoa e amável como é com os amigos, mas ferrenho e implacável com os inimigos (da verdade, da moral, da justiça, da equidade, dos bons costumes e da sã doutrina).

Vou enviar novo email.

Abraço.
No Amor de Cristo!

LEONARDO AUGUSTO disse...

Temos uma matéria completa (Desmascarando a Teologia da Prosperidade), no Conversas de Esquina. Acessem: http://conversasdeesquin.blogspot.com.br/2012/04/desmascarando-teologia-da-prosperidade.html
(Resposta ao Desafio Malafainiano)

LEONARDO AUGUSTO disse...

Temos uma matéria (Desmascarando a Teologia da Prosperidade), que serve de reposta ao Desafio Malafainiano, no Conversas de Esquina. Acessem: http://conversasdeesquin.blogspot.com.br/2012/04/desmascarando-teologia-da-prosperidade.html

beTo disse...

Jesus Cristo não insentivou o materialismo,aos ambiciosos disse; o filho do homem nao tem onde recrinara cabeça( Luc 9;58),a aquele q queria o reino dos céus e as riquesa disse vai vede tudo distribui aos pobres,vem e segue.me e teras um tesouro no céu alem de viver eternamente,aqueles q estavao ocupados demis com a vida secular,como enterrar o pai cuidar da mulher recem casados,ver afazenda recem adquirida cuidar dos bois q havia coprado, estes não provaras a minha Ceia( Lucas 14;24) tem mais em, mas vou parar poraqui,No velho testamento sim a proposta era material,Joao Batista viveu no deserto comendo gafanhoto e mel,e foi maior doq eles segundo as palavras de Jesus(Mat 11;11)O maior Apostolo morreu pagando aluquel em Romo,veja ultimos cap de Atos,mais ele tinha sertesa de uma riquesa mais exelente e eterna nos Céus (IITimoteo1;12) QUANTO AO Cristo pobretao recebeu um nome q esta sobre todos os nomes(Filipenses2;9)A igreja rica do Apocalipses, laudiceia o Senhor disse:nao sabes q es pobre meseravel e nú(Apocalipses3;17)

Pastor Guedes disse...

Caro Irmão beTO,

A Paz!

Sem dúvida que essa teologia da prosperidade é uma falsidade teológica do modo como é apresentada.

Concordo com o Amado.

Abraço.